I am not

I am not
quotation

segunda-feira, 4 de maio de 2009

pergunta


Se o homem fosse uma cobra (fosse um corpo que se fosse desenrolando, transformando em cobra à medida que penetrava, com o movimento lento da gibóia entrando na sua toca, no outro corpo) e a mulher esse outro corpo que, afrontando olhos nos olhos a ameaça da cobra, a engolisse e digerisse (transformando-se de algum modo de presa em predadora), qual o resultado de tal cópula?

É para esse ponto de interrogação que caminha o movimento simultâneo dos corpos enroscando-se, devorando-se, digerindo-se -
- ou não?
Um ponto de interrogação
pode ser uma (ironia suprema da imposssível) síntese?
Pode uma cobra confundir a sua toca com a sua sepultura?
Questão (também) zoológica.