I am not

I am not
quotation

segunda-feira, 1 de junho de 2009

alguns delírios banais



NUM CERTO SENTIDO, A MORTE É A MAIS DEMOCRÁTICA DAS COISAS, PORQUE NOS ATINGIRÁ A TODOS POR IGUAL.
É A ÚNICA CERTEZA QUE TEMOS.
NESSA ORDEM DE IDEIAS, A VIDA É A IMPOSIÇÃO MAIS ANTI-DEMOCRÁTICA QUE HÁ.
E MAIS SÁDICA: ELA GERA TUDO AQUILO QUE NÃO SABEMOS, NÓS, SUJEITOS PRODUTORES DO DESEJO DE SABER E DE SER, DEPOIS DE NUNCA PODERMOS TER DECIDIDO NADA NO INÍCIO.
DE CERTO MODO, O BIOPODER DE QUE FALA FOUCAULT, NUM CONTEXTO BEM DEFINIDO DA MODERNIDADE, SEMPRE EXISTIU EM GÉRMEN:
VOU-TE DAR VIDA COMO UM ACTO DE PODER MEU, QUE TE HÁS-DE LIXAR ATÉ AO MOMENTO DA MORTE, QUE É PARA SABERES O QUE ISTO CUSTA, PENSA O INCONSCIENTE DO PROGENITOR (MAS A SUA CONSCIÊNCIA PERVERSA E A SUA VOZ PÚBLICA DIZEM O CONTRÁRIO: DOU-TE ORIGEM PARA QUE SEJAS FELIZ E QUE DEUS TE ACOMPANHE.)

MERCI!



Sem comentários: