I am not

I am not
quotation

terça-feira, 23 de junho de 2009

Ideais

Foto por Brigit Rosenberg

Esta foto é de um mural em Mação e foi tirada pela Brigit aquando do workshop Mutopia. Sendo a Brigit da Estónia, este tipo de murais ganha um contorno diferente. A esperança e a utopia da Revolução Comunista erodiu-se de grande parte da Europa com o fim do Bloco de Leste. Em muitos países vive-se num clima de "já não há ilusões". Isto leva a um cinismo muito próprio, que se desenvolveu mais em algumas partes da Europa.
Uns amigos meus eslovenos explicavam-me no outro dia o quadro político esloveno. Eu estava particularmente interessado em consegui compreender o partido Zares ("De verdade"). O Zizek tem ligações fortes com esse partido, que se designa como liberal. Ora, era justamente essa designação de liberal, que me confundia. Ainda para mais porque o partido nasceu de uma cisão entre do partido liberal-democrata esloveno. Como eles me explicaram, tratam-se de maravilhas do pós-comunismo. O liberal ali significa algo muito próximo do modo como o termo é utilizado nos E.U.A., ou seja, algo próximo do que em Portugal seria a esquerda. São valores liberais, no sentido de valores livres - a Liberté da Revolução Francesa. Não deixa de ser clara a ironia dos termos e o modo como se cruzam e se tocam. Ainda para mais porque essa liberdade parece ir ao sabor da pós-modernidade, que é o principal alvo de ataque do Zizek.
Note-se que no Parlamento Europeu, o Zares senta-se no centro, ao lado de partidos como os liberais-democratas britânicos. Isto apesar de partilhar propostas com o nosso Bloco de Esquerda (que tem sido um dos principais responsáveis por conseguir trazer o Zizek a Portugal).
O pós-comunismo tem destas coisas...

Post-post: Página do Grupo dos Liberais Democratas Europeus http://www.eldr.org/en/about-eldr/index.php

Sem comentários: