I am not

I am not
quotation

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

10.1.48 - 10.1.09 Escreve-me o meu pai

"Faz hoje [10.1.09] 61 anos era sábado, e ainda se trabalhava até às 13 horas. Eu não pus os pés no escritório e, mal tive conhecimento da Boa Nova do teu nascimento, dei comigo a consciencializar-me de que era pai, pela primeira vez. Então, saí de casa, espavorido de alegria, a dar a notícia a quantos eu conhecia - o escritório que fosse para o diabo [nota minha: tal como eu, o meu pai sempre foi um trabalhador compulsivo, e para ele isto de "faltar ao escritório" era um fenómeno, pois que sempre subia e descia as escadas a três e três degraus, e saía de casa de madrugada para trabalhar, enfim, indescritível. Aqueles que dizem que eu tenho energia e muita capacidade de trabalho, não conheceram o meu pai]. [seguem-se uns elogios à minha pessoa que não são para aqui]. O dia 10 de Janeiro de 1948 foi, pois, um dos dias de maior alegria que sentimos nas nossas vidas [refere-se também à minha mãe, é claro]. [seguem-se novos elogios].
Os teus pais continuam a "torcer" por ti e até ao fim do tempo que Deus ainda nos reserve."
Por mim, a uma hora e três quartos de fazer 61 anos, limito-me a agradecer ao meu pai, que não lerá este blogue, porque está demasiado idoso para a net: 1) ter-me ensinado a escrever correctamene o Português; 2) ter-me levado, nos primeiros anos da minha idade, a ver tudo quanto estava ao seu alcance para eu me enriquecer culturalmente, em Lisboa; 3) ter sempre apoiado a minha difícil opção de ser professor universitário, custasse o que custasse.


4 comentários:

AM disse...

Parabéns!

Vitor Oliveira Jorge disse...

Obrigado!

Vitor Oliveira Jorge disse...

Parece que nasci às 7 horas da manhã... na Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa. Assistiu no parto o Dr. Tibério Antunes, grande amigo do meu pai!

sandra valeriote disse...

Que bela publicação!
Como é necessário todos OS PAIS reconhecerem a sua INCOMPARÁVEL IMPORTÂNCIA na vida dos seus filhos.

Parabéns Vitor!
Parabéns pra você pelo momento.

Por gentileza, leve de mim ao teu PAI meus sinceros parabéns também: com respeito, admiração e carinho por saber tal nobreza de caráter.