I am not

I am not
quotation

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

MANUAL DE INSTRUÇÕES


ESTREIA
MANUAL DE INSTRUÇÕES, de VICTOR HUGO PONTES

Centro Cultural Vila Flor- Guimarães
24 de Janeiro- Sáb.
22h


www.aoficina.pt
Tel. 253424700



Fotografia acima: Susana Neves



Como é que os indivíduos se relacionam com o espaço que habitam? Qual o lugar ocupado pelos outros na comunidade em que vivemos? Quantos momentos de verdadeiro encontro ocorrem ao longo da vida? O que se faz quando se ocupa um espaço privado, sabendo-se que (não) se está a ser observado? O que acontece quando se vive em isolamento? Pode o corpo transformar-se em natureza morta? Será que a solidão se transveste do ser solitário? 

Colocar este tipo de questões ao longo de um processo criativo é uma prática comum que visa cumprir objectivos específicos. Menos habitual será transformar as questões naquilo que o espectáculo efectivamente é. Em Manual de Instruções, o percurso dos intérpretes em palco poderia descrever-se como o percurso ao longo do qual se toma consciência do lugar ocupado no mundo, que equivale ao percurso em que cada um se torna naquilo que é. A peça é um roteiro mental deste processo, revelado através de um roteiro coreográfico.
Em Manual de Instruções, Victor Hugo Pontes pretende mostrar sobretudo o que pode ser a solidão e desafia-nos a encararmos o espelho e a querermos fugir dele. (Será a solidão uma roupa que se escolhe?) Se às vezes os indivíduos não se distinguem do espaço que habitam, outras vezes o espaço deixa de existir, restando somente o indivíduo. A partilha é uma hipótese suspensa, porque somos tão portáteis como os móveis da casa onde vivemos. Não há verdadeira intimidade, há verdadeira solidão, e todos acabamos por nos tornar naquilo que somos.
Madalena Alfaia


Direcção artística, Coreografia e Cenografia Victor Hugo Pontes . Sonoplastia Rui Lima e Sérgio Martins . Desenho de luz Wilma Moutinho . Apoio dramatúrgico Madalena Alfaia . Interpretação Elisabete Magalhães, Manuel Sá Pessoa e Tiago Barbosa / Alexandre Cunha de Sá, Alexandrino Silva, Ana Caridade, Domingos Pereira, Filipe Costa, Joana Antunes, Maria Ângela Faria, Miguel Cunha, Pedro Rodrigues, Rita Morais, Teresa Santos, Zizina Moreira . Figurinos (styling) Osvaldo Martins . Registo fotográfico Susana Neves . Registo vídeo Eva Ângelo . Produção executiva Joana Ventura e Mafalda Couto Soares . Produção Núcleo de Experimentação Coreográfica . Co-produção O espaço do tempo, Centro Cultural Vila Flor . Apoios Fundação Calouste Gulbenkian- Programa de Apoio à Dança, CENTA, Balleteatro Auditório, Teatro Aveirense, DeVIR/ CAPA, Trigo Limpo Teatro ACERT, Radar 360º, Festival da Fábrica, Fórum Dança

Projecto Financiado pelo MC/ DGArtes




Núcleo de Experimentação Coreográfica
Fundação Escultor José Rodrigues- Fábrica Social
Rua da Fábrica Social, s/n
4000-201 Porto
Tmóvel :: 961424668 / 913211428


Sem comentários: