sábado, 14 de fevereiro de 2009

prémio


Telefonou-me agora o Dr. Luís Humberto, director do Museu da Imprensa, a dizer que o meu poema Margens (in "Casa das Máquinas", Papiro, Porto, 2008, pp.96 e 97) teve o primeiro prémio do concurso Poemas de Amor, que o Museu abre todos os anos por esta altura (referente portanto a 2008). Já nem me lembrava de que tinha enviado esse texto há um ano.
Claro que fiquei satisfeito, parece que houve muitos concorrentes... e inclui uma viagem para duas pessoas!




Imagem de gato (esponjando-se de satisfação, como me sinto): Marcela Boehm
(Agradeço à autora autorização para publicar aqui as suas imagens)

6 comentários:

Sónia disse...

Parabéns!

Vitor Oliveira Jorge disse...

Obrigado!

Vitor Oliveira Jorge disse...

Uma amiga minha, pessoa muito sabedora e doutorada, professora universitária agora reformada, teve a bondade de me escrever num mail o seguinte:
"O trabalho desenvolvido no seu blog é um contributo para a cultura e o conhecimento, de magnitude incalculável em termos de bens imateriais. Parabéns".
De modo que já hoje recebi dois prémios!!!
O gato que sou (que me sinto ser) esponja-se no chão de narcisismo, patas para o ar!

SGC disse...

V.,
Parabéns!
Bjos!

Rosa Silvestre disse...

Parabéns!

Virgínia Coutinho disse...

Parabéns!
Já agora que estou com a mão no comentário permito-me sugerir-lhe que veja também este:
http://saboresdedocesedelivros-sabores.blogspot.com/