I am not

I am not
quotation

domingo, 12 de abril de 2009

Jacques Lacan: talvez o melhor livro que já li sobre este autor...


É um dicionário tão bem feito que se lê como um livro.
Já o citei em várias mensagens anteriores.
Mostra bem a complexidade - iria dizer a monumentalidade - do pensamento de Lacan, que de certo modo foi um gigante da filosofia.
Este dicionário, publicado em 2008 em Paris, baseia-se exclusivamente nos Seminários de Lacan, e concentra-se na sua contribuição filosófica.
Não percebo por que é que Lacan não é mais estudado em Portugal, e como é possível falar de Freud sem falar ao mesmo tempo de Lacan (ou melhor, até julgo que percebo, mas não digo - há que ter muita prudência em matérias em que se é um aprendiz).
Este livro é muito importante no contexto de uma das maiores aventuras em que me terei metido na minha vida, o Curso sobre Pensamento Crítico Contemporâneo que vou começar no próximo dia 20 de Abril, na Faculdade de Letras do Porto, e que continuartá até Junho, absorvendo a maior parte do meu tempo de trabalho, apesar de se tratar apenas de 8 sessões. Mas cada uma delas exigiria ANOS de preparação intensiva!
Se o faço é porque estou absolutamente convencido de que sem se passar por estes autores (e muitos outros, bem entendido) não se vai a lado nenhum, QUALQUER QUE SEJA O NOSSO DOMÍNIO DE ESPECIALIZAÇÃO OU DE TRABALHO.
A Universidade precisa destas iniciativas: a verdadeira renovação está neste tipo de interdisciplinaridade - creio.




Sem comentários: