I am not

I am not
quotation

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Hoje na FLUP

Organização: CETAPS (Centre for English, Translation and Anglo-Portuguese Studies)

I Jornada HumAnSTech: The Humanities, The Arts, Sciences & Technologies: The Utopian Vision of the Complete Human Being

HumAnSTech: Humanidades, Artes, Ciências e Tecnologias: a visão utópica do ser humano completo

Contextualização: A ideia da educação integral do ser humano, que articula uma educação humanística e artística com o saber científico e tecnológico perpassa o pensamento utópico. Contudo, prevalece a concepção unidimensional do ser humano. A I Jornada HumAnSTech visa criar um espaço de reflexão interdisciplinar sobre a visão utópica do ser humano completo, contando, para o efeito, com docentes e discentes das Faculdades de Letras e Belas Artes da Universidade do Porto e da Universidade do Rio Grande do Sul.

Parte I

Faculdade de Letras da UP - Biblioteca

10:30

“Dá-me a tua palavra” e “Ponto de interrogação”

Duas actividades numa só, interrogando o que é isto de sermos humanos e o que nos distingue dos outros seres. Com a participação do grupo de teatro Bisturi e do grupo da Faculdade de Belas Artes da UP “Projectos Vivos”, será promovido um happening que mistura uma instalação artística com a leitura de textos em diferentes línguas e que culminará num rito fundacional de novos textos e novas leituras.

O evento contará com a participação dos poetas da FLUP Ana Luísa Amaral, Pedro Eiras e Vítor Oliveira Jorge.

Parte II

Faculdade de Letras da UP

Anfiteatro Nobre

15:00

Colóquio HumAnSTech

Edson de Souza (Universidade Federal de Rio Grande do Sul)

“Furos no Futuro: Utopia e Cultura”

Paula Soares, Rui Ferro e Norberto Jorge (Faculdade de Belas Artes -UP)

“A arte como manifestação do humano”

Apresentação das actividades desenvolvidas no âmbito dos “Projectos Vivos” da FBAUP

Jorge Bastos da Silva (Faculdade de Letras – UP)

“John Milton: O horizonte utópico da Cultura e da Educação”

Fátima Vieira (Faculdade de Letras – UP)

“William Morris: uma visão para uma época de descanso

Sem comentários: