I am not

I am not
quotation

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Comunicado do 1º Congresso Português de Arqueologia Empresarial

Vai ser já nos próximos dias 20 e 21 de Novembro que se realizará na Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa) o 1º Congresso Português de Arqueologia Empresarial.
Esta iniciativa que mereceu uma grande adesão por parte das empresas de arqueologia e de arqueólogos, irá oferecer durante dois dias a um público muito vasto, comunicações orais de elevado interesse, repartidas por cinco temas estruturantes: actualidade e futuro do salvamento arqueológico; espaço, micro-espaço e macro-espaço; bioarqueologia e arqueologia da morte; estudo, gestão e divulgação; teoria, métodos e perspectivas.
Estas comunicações serão apresentadas no Auditório 3 da FCG, enquanto que na sala 2 FCG decorrerão três workshops e uma conferência, sendo abordados temas de extrema relevância para a compreensão e discussão do modelo de arqueologia de salvamento que vigora em Portugal. Neste sentido, o congresso contará com a participação de diversos arqueólogos nacionais e estrangeiros com uma elevada experiência profissional nas áreas da arqueologia empresarial e de salvamento, que discutirão o actual modelo, propondo também formas e modos de actuar na nossa actividade.
Para além destas participações, o 1º CPAE contará ainda com a presença de quatro conferencistas, que através das suas amplas experiências, darão corpo a visões consubstanciadas acerca da actividade arqueológica realizada em Portugal no âmbito de empresas. Na conferência de encerramento, a proferir pelo Doutor Pedro Pissarra, serão perspectivadas questões relacionadas com a produção científica em meio empresarial, averiguando da sua possibilidade ou impossibilidade no actual quadro da arqueologia portuguesa.

Aproveitamos ainda esta oportunidade para dar a conhecer o programa do 1º CPAE que pode também ser consultado no site do Congresso:

20 de Novembro de 2008
AUDITÓRIO 3 FCG
9.00 -Sessão inaugural do Congresso.
9.30 - Conferência inaugural - “Arqueologia e Sociedade: o espaço e a importância da iniciativa privada” pelo Prof. Doutor Felipe Criado Boado - CSIC (Consejo Superior de Investigaciones Cientificas).
10.20 –Intervalo
Actualidade e futuro do salvamento arqueológico
10.40 - Consciencialização da condição de arqueólogo -Jacqueline Pereira (Ediestreito)
11.00 - A intervenção arqueológica em Arruda dos Pisões – Rio Maior - Helena Santos, Cláudia Manso, Marco Liberato e Telmo Pereira (Archeo'Estudos)
11.20 - A arqueologia preventiva e o reflexo na história da cidade de Viseu. -Pedro Sobral, Nádia Figueira e Sara Almeida (Arqueohoje)
11.40 - Arqueometria: o desafio da continuidade e interdisciplinaridade na investigação programada e adaptação a contextos de salvaguarda do Património Cultural em intervenções empresariais em Portugal. - Isabel Dias (ITN)
12.00 - Os actuais desafios da “Arqueologia Preventiva”, à luz das lições do Alqueva - António Carlos Silva (Direcção Regional da Cultura do Alentejo)
12.20 - Herdade dos Alfares, um case study sobre o estado da Arqueologia preventiva em Portugal - Miguel Almeida, Susana Nunes e Mónica Corga (Dryas Arqueologia)
12.40 - Debate
13.00 - Almoço
Espaço, micro-espaço e macro-espaço
14.20 - O passado enquanto testemunho das dinâmicas do presente. Uma abordagem etno-arqueológica no âmbito da construção da Barragem de Odelouca - Susana Cosme e Tânia Madureira (Archeo'Estudos)
14.40 - Les Maîtreaux: caracterização tecno-econónica e paletnológica de um grupo solutrense - Miguel Almeida (Dryas Arqueologia), Thierry Aubry (IGESPAR), Bertrand Walter (SERAP, VC) e Maria João Neves (Dryas Arqueologia)
15.00 - Arte Rupestre em Meio Empresarial - Andrea Martins (Crivarque)
15.20 - Análise dos modelos interpretativos dos recintos de fossas e/ou fossos da Pré-história Recente do Sudoeste Peninsular - Lídia Baptista e Maria de Lurdes Oliveira (Arqueologia e Património)
15.40 - Evolução urbana da colina central de Évora. Contributo da intervenção arqueológica a decorrer no Museu de Évora - Sandra Brazuna e Inês Simão (Era Arqueologia)
16.00 - Praça da Républica de Beja - diacronia da ocupação urbana - Adelaide Pinto (Crivarque)
16.20 - Debate
16.40 -Intervalo
17.00 - Conferência “Balanço de 10 anos de arqueologia empresarial em Portugal” - Prof. Doutor Carlos Fabião (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).
SALA 2
Workshop 1
14.00 – 16.00 - Workshop 1: “Ética empresarial em Arqueologia: comportamentos, boas-práticas e realização profissional” - Dr. José Roquette, Engº João Appleton, Dr. Miguel Lago (Era Arqueologia), seguido de debate moderado pela Presidente da Associação Profissional de Arqueólogos, Dra. Maria José Almeida.
21 de Novembro de 2008
AUDITÓRIO 3 FCG
Bioarqueologia e Arqueologia da morte
9.00 - Práticas funerárias pré e proto-históricas do sudoeste peninsular: uma perspectiva a partir da Encosta do Albardão - Maria Teresa Ferreira, Maria João Neves e Susana Nunes (Dryas Arqueologia)
9.20 - Dinâmica cultural na Lisboa do Período Moderno: contributo da intervenção arqueológica/ antropológica na necrópole do Colégio de Santo Antão-o-Novo - Ricardo Godinho e Iola Filipe (Era Arqueologia)
9.40 - O cemitério público de Santo Ildefonso (Porto, Portugal): Paleobiologia e sócio-história de uma necrópole de curta duração - Lília Basílio, Maria João Neves, Maria Teresa Ferreira e Miguel Almeida (Dryas Arqueologia)
10.00 - Bioarqueologia e Arqueotanatologia em contexto de prevenção e emergência em Portugal: um protocolo de terreno para suprir o actual deficit processual -Maria João Neves, Maria Teresa Ferreira e Miguel Almeida (Dryas Arqueologia)
10.20 - Intervalo
Estudo, gestão e divulgação
10.40 - Gestão Patrimonial de Sítios e Edifícios – Tensão Dinâmica entre o Estado e o Sector Privado - Gerry Wait (Nexus Heritage)
11.00 - ABLATIO - Um projecto de aplicação da tecnologia laser na conservação e restauro de bens arqueológicos -Anabela Hipólito (Arqueologia e Património)
11.20 - 10 anos de conservação e restauro sobre património arqueológico português a partir da experiência da Era-Arqueologia. – uma reflexão Pedro Braga (Era Arqueologia)
11.40 - Uma nova forma de divulgação do Passado. O Centro de Interpretação “À Descoberta do Novo Mundo”, em Belmonte (Brasil) - Paulo Celso Monteiro e Pedro Sobral (Arquehoje)
12.00 - A Casa da Câmara de Vila Real de Santo António: a métrica e a forma de um mercado - André Oliveira (Era Arqueologia)
12.20 - Em busca de um modelo de gestão. Como viabilizar um projecto de Arqueologia em Construção. - Miguel Lago, Patricia Caldeira Jorge e Lucy Shaw Evangelista (Era Arqueologia)
12.40 - Debate
13.00 - Almoço
Teoria, métodos e perspectivas
14.20 - Animalidade e ontologia humana no 3º milénio AC: necessidade de uma reconceptualização teórica da relação homem – animal na Pré-História Recente? - António Valera (Era Arqueologia)
14.40 - A Fauna de vertebrados de Casa Branca 7: abordagem tafonómica e metodologias de recolha de campo exaustivas - Filipa Rodrigues e Cláudia Costa (Crivarque)
15.00 - Novas aplicações em investigação geofísica em arqueologia: resultados do método geofase na Península Ibéria. - Oscar López Jiménez, Victoria Martínez Calvo e Rubén Ruiz Bravo (División Geofísica – GIPSIA)
15.20 - Datação por Luminescência de contextos e materiais arqueológicos. Propriedades, problemas e proficiência em intervenções de salvamento. - Isabel Dias (ITN)
15.40 - Aproximações funcionais e estudo de conjunto das estruturas neolíticas da Lajinha 8 - Rita Gaspar (Archeo'Estudos)
16.00 - "Arqueologia da Arquitectura em contextos de arqueologia preventiva e de emergência.” Discussão em torno de um protocolo de actuação. -Ricardo Teixeira, Teresa Silva e Vítor Fonseca (Arqueologia e Património)
16.20 - Debate
16.40 - Intervalo
17.00 - Conferência de encerramento "Produção científica em meio empresarial" - Doutor Pedro Pissarra (Biotecnol)
SALA 2
9.40 - Conferência “Gestão de Projectos e Gestão da Qualidade ao serviço da Arqueologia: uma perspectiva de negócio” - Doutor Leandro Pereira (Director de Unidade de Negócio da GTBC - Global Technologies & Business Consulting)
10.00 - Intervalo
Workshop 2
10.40 – 12.40 - Workshop 2: “Credenciação, regulação e fiscalização na arqueologia portuguesa” - Prof. Doutor João Pedro da Cunha Ribeiro (IGESPAR), Engº Vítor Cóias (GECORPA), Dr. João Almeida (EDIA). Debate moderado pelo Dr. Jorge Raposo (Centro de Arqueologia de Almada).
13.00 – Almoço
Workshop 3
14.20 – 16.20 - Workshop 3: “Experiências internacionais de arqueologia empresarial” - Representantes do Reino Unido (Peter Hinton - Institute of Field Archaeology), França (Christian Verjux - Service Régional d'Archéologie du Centre) e EUA (Michael Polk - ACRA - American Cultural Resources Association). Debate moderado pelo Dr. Miguel Almeida (Dryas Arqueologia)

Por fim, cumpre-nos ainda ressaltar que devido ao grande interesse que o congresso tem vindo a suscitar o prazo para inscrição de não comunicantes foi alargado, podendo os interessados proceder à sua inscrição no site www.congressoarqueologiaempresarial.org http://www.congressoarqueologiaempresarial.org

Pelo Secretariado,
Maria João Neves

Sem comentários: