I am not

I am not
quotation

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Marrocos: saudades ! A nossa primeira paragem no terceiro dia, entre Taroudant e Zagora







Alguidar e gatinho. Coisas perdidas na frieza da retina.


Esta "loja" à beira da estrada era... horrível! Malditos fósseis e pedras e rochas e minerais e sei lá o quê. Quinquilharia para sacar mais algum ao turista incauto e desejoso de um HUGE DESERT VERY TYPICAL TRADING CENTER. Comprar, comprar, nem que seja uma pedra semi-preciosa pintada para parecer que é. Comprar que nem loucos.


Susana posando no meio do absurdo.


Em frente para o deserto... para longe daqui...

2 comentários:

barcoantigo disse...

Que potes tão giros! Compraram algum?

Esta viagem deve ter sido mt interessante. Bem que gostava de ter ido.

Bjinhos

Ana Bett

Vitor Oliveira Jorge disse...

Não, não são tão giros assim vistos na realidade... o "pseudo" abunda por toda a parte. E trazer um pote durante uma viagem destas, por vezes aos saltos no jeep, estava fora de causa... a não ser que fosse coisa pequena e preciosa. Essas, há-nas na Medina de Marraqueche, claro, lado a lado com lojas miseráveis, mas é preciso ser rico. Há lojas de antiguidades na Medina que estão conectadas internacionalmente e têm preciosidades. Mas o povo compra quinquilharia, que está por todo o lado. Além disso, e mesmo para quem tenha dinheiro, é preciso ter cuidado com as falsificações.