I am not

I am not
quotation

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

TV Cemetary

TV CEMETARY from mutopia on Vimeo.



Um vídeo que resulta do workshop Mutopia 3, que aconteceu em Mooste (Estónia) na semana passada.

Interessante a ligação entre este vídeo e a Arqueologia, sobretudo no que se refere à ligação entre o discurso, a "materialidade", e a interpretação (jogo esse que se cruza com a própria possibilidade de interpretação do vídeo).
Estas imagens lembra-me também o recente filme "Examined Life", na parte em que o Zizek aborda a questão do lixo e a sua ligação com o capitalismo (algo que ele desenvolve também no livro "In Defense of Lost Causes"). Há como que uma "sucção", uma estratégia de desaparecimento, do lixo nas sociedades capitalistas. Assim evitamos ver o que sobra da sociedade de consumo, como que evitando a confrontação com este sistema de eterna produção (que nos faria levar à pergunta "produzir para quê?", já que a produção se alimenta a si própria, num circuito que se pretende infinito).
Podemos acrescentar a isto este maravilhoso resíduo temporal a que se chama de "Arqueologia", onde passa a haver uma paixão pelo passado real.
E no meio disto tudo adoro a parte em que o Bruno Humberto (um artista que hoje está radicado em Londres) aparece a dizer: "Soviet" - não fosse isto na Estónia e não fosse o Bruno português. Long live the URSS for without URSS there would be no soviets - or would it?

2 comentários:

paletadesonhos disse...

"arqueologia" urbana do mundo global !
pode ser chamada assim?
a sustentabilidade do ambiente , hum ... os políticos já esqueceram
:(

Gonçalo Leite Velho disse...

paleta de sonhos (faz-me lembrar um filme de que gostei, chamado "Waking Life)...hmmm.. isso da Arqueologia Urbana... Escrevi à pouco tempo um texto que tinha como titulo "Da Arqueologia Urbana à Arqueologia do Urbano". Vai sair num livro editado pela Gabriela Vaz Pinheiro (que cruza o caminho das artes e...). Acredito mais na Arqueologia do Urbano do que numa Arqueologia Urbana (ainda que... neste jogo de pólos, se pudesse ainda sacar mais alguma coisa).

O mundo global... só no jogo da tensão entre esses dois termos podíamos demorar-nos tanto no negativo...

A sustentabilidade do ambiente e os políticos... a política e a polis... a arqueologia e o urbano... o arche logos (o pensamento do princípio)... a natureza e as suas leis... a sustenta-habilidade da lei... am-biente (haverá am-zoente?)...