segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Prece do sufismo islâmico (versão mística que, confesso, me atrai)


"Ó, Senhor, se te prestar culto por medo ao inferno, faz com que eu nele arda. Se te adorar por ter esperança no paraíso, proíbe-mo. E se te adorar por ti mesmo, não me prives da tua beleza eterna."

(Rabi'a al' Adawiyya de Basra, 713-781)

citado por S. Zizek, "Violência", Lisboa, Relógio d' Água, 2009, p. 123, nota 103.

1 comentário:

Egípcia disse...

Todo o sufismo carrega uma beleza imensa...

Recomendo Rumi

=)