I am not

I am not
quotation

sábado, 16 de agosto de 2008

com um pouco mais de bagaço

este é o meu corpo.
este é o meu gato.
este é o meu olhar.
este é o meu sapato.

este é o meu sexo.
esta a parede a que me encostaram
pedindo-me para lhe dar um nexo.

este é o meu olhar.
estas as mnhas pernas.
estes os bicos com que levanto o tempo
que falta até à hora da minha morte.

estas as velas; esta a missa;
este o cadáver;

e este o gato empalhado

e por isso tão vivo, e ágil,
que mal o seguro no texto.

este é o meu género, sim senhor,
esta a hora da noite em que tudo desagua
e as pernas se erguem altas
como as árvores altas do dia.

esta a figura que faço.
este é o meu número,
mas seguem-se mais atracções;

aqui há toda a sorte de palhaços,
de anões, de mulheres barbudas,
de trapezistas desbotadas.

a festa não acaba
o melhor está para vir,
o cúmulo da apoteose,
as luzes sublimes
de parafina azul,

os corredores de veludo
que levam aos quartos,
o champanhe, tudo isso.
o ritual que nunca fatiga.

este é o meu sexo,
este o movimento da minha dança
esta a sedução que se consegue
aqui na província.

soem pois as gaitas de foles
que a festa é popular
e a mim já me enconstaram à parede:
vou na turbamulta dos foliões.

este é o meu país, a minha carne,
as minhas pernas abertas,
o meu animal de companhia,
aqui tenho tudo do melhor para anunciar.

lâmpadas que são estas.
luzes que me cercam.
pó de arroz e rimmel
suor e, admito, algum cansaço:

mas ainda vai uma uma
com um pouco mais de bagaço.


voj 2008



_______________________
Foto: Ernesto Timor
Fonte:

Sem comentários: