I am not

I am not
quotation

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A dívida geracional

Deixo aqui um texto do Guardian the hoje:
How graduates are picking up the tab for their parents' lives

É de um jovem britânico e serve de exemplo do que se está a passar com uma geração, que vê a precariedade e o desemprego como destino (não é só em Portugal que se vive no regime de "recibos verde"), a dívida e o crédito como sina, e que assim se pergunta sobre a solidariedade geracional.
Deixar a tradição das lutas do passado tem o seu preço, ou seja, (desculpem-me o modo directo): não se sindicalizem não. Sobretudo para os arqueólogos que ainda há pouco tempo ainda navegavam no sonho corporativo das Ordens.

1 comentário:

José Manuel disse...

No Publico de Sábado vinha uma entrevista com o psicanalista Christophe Dejours sobre a problemática dos suicídios no local de trabalho. É reveladora dos novos tempos em que vivemos.

http://jornal.publico.clix.pt/noticia/30-01-2010/um-suicidio-no-trabalho-e-uma-mensagem-brutal-18695223.htm