I am not

I am not
quotation

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Colóquio Giorgio Agamben - programa






Programa

Colóquio/jornadas de estudo

sobre o pensador italiano contemporâneo

Giorgio Agamben

(n. 1942)

http://www.iep.utm.edu/agamben/ (2005)

http://en.wikipedia.org/wiki/Giorgio_Agamben (2012)

http://fr.wikipedia.org/wiki/Giorgio_Agamben (2012)

http://www.egs.edu/faculty/giorgio-agamben/biography/

http://www.facebook.com/profile.php?id=1731452550#!/events/235722089848171/

Dias 8 e 9 de Março de 2012 – Centro Unesco do Porto – R. José Falcão, 100 – colaboração da Fundação Eng.º António de Almeida, Porto – organização da SPAE e da ADECAP (associações científicas e culturais sem fins lucrativos sedeadas no Porto).

http://sociedadeportuguesaantropologia.blogspot.com

http://www.facebook.com/profile.php?id=1731452550#!/pages/Spae-Sociedade-Portuguesa-De-Antropologia-E-Etnologia/242375295851375

http://adecap.blogspot.com

http://www.facebook.com/profile.php?id=1731452550#!/pages/Adecap/283944584999116

Entrada livre sem necessidade de inscrição prévia

Coordenação conjunta de

Vítor Oliveira Jorge

http://www.facebook.com/profile.php?id=1731452550#!/profile.php?id=1731452550

E

Luís Carneiro

http://www.facebook.com/profile.php?id=1731452550#!/templesein



____________________________________

Dia 8. Quinta-feira

9h00 Vítor Oliveira Jorge – Breve apresentação de Giorgio Agamben na perspectiva de uma pessoa sem formação em filosofia: por que interessa tanto a todos este pensador contemporâneo?
9h30 Luís Carneiro – Breve apresentação geral da obra/perfil filosófica/o de Giorgio Agamben

10h00 Cíntia Gil - Considerações sobre o contemporâneo
10h30 Gonçalo Leite Velho - Indelével: Gesto, Memória e Cinema


Debate (11h00-13h00)

15h00 André Dias – Contra a vontade

15h30 Rossana Mendes Fonseca – Assinatura, Enunciado, Arquivo

16h00 Viriato Porto - A comunidade que vem, ou o pós-anarquismo de Agamben


Debate (16h30-18h00)
________________________________

Dia 9. Sexta-feira

9h00 Maria José Barbosa - A experiência como mistério – leitura da história segundo Agamben
9h30 Joana Alves Ferreira - Homo qua Homo. O lugar singular de um corpo aprisionado. A obra O Aberto de Giorgio Agamben no contexto da relação entre homem e natureza, entre homem e técnica e entre natureza e história
10h00 Ana Vale - Paradigma e emergência em Arqueologia. Uma leitura dos textos: O que é um paradigma e Arqueologia Filosófica de Giorgio Agamben

10h30 Sérgio Gomes - O Passado, os Indícios e as Pistas: um cruzamento da leitura de Giorgio Agamben, Michel de Certeau e Tim Ingold


Debate (11h00-13h00)

15h00 Pedro A.H. Paixão - A questão das «medialidades puras» em Giorgio Agamben
15h30 Jorge Leandro Rosa - O messiânico como crise do pacto arcaico
16h00 António Caselas - A vida indomável, para além da regra e do direito

Debate final (16h30-18h00)

Sem comentários: